Blog POST

  • Francisco Capelo

A brutalidade da banalidade




Dizem-me professores que se dizem mui sérios, que aprender a pintar é apenas aprender a desenhar. E que aprender a desenhar a sério é o que se obtém pela visão directa, mais chã, da “realidade”. E dizem-se artistas ! Pura e simplesmente porque dominam a técnica, não a alma da pintura. A alma não está lá, voa incessante, para além do infinito. Estas almas são calma$. E nada aprenderam com a necessidade interior de Kandinsky, esse mago da forma e da cor, tão livre como só a natureza. E imitam talvez o impressionismo, mas apenas a sua impressão, sol nascente e nunca o poente de tal ser. Realistas, hiper- realistas, aguarelistas, chicanistas, alfarrabistas, alpistas e um pouco surrealistas e muito muito competentes. O problema talvez esteja aí: onde se quer talento e alento ao vento sem tempo, dá-se em troca competência plena de ciência. Algum dia alguém me vai ainda explicar o que é isso de “competência” ! . Será saber desenhar sem sonhar ? . Saber pintalgar sem amar ? . Saber esculpir sem sentir ? Para estas almas diluentes, infames e diletantes, o abstracto é demasiado livre. Não é como uma maçã ou uma modelo vã: não se pode agarrar com um pincel ! Ensinar tal coisa não pode existir ! Se não se vê, se não está ali diante de nossos e vossos mui atentos e atónitos olhos, se não se comprova no olhar não se aprova a pintar ! Porquê ? Porque… Não há tela sem capela ! Não há óleo sem colo ! Não há artista sem copista ! Não há luz se a não vejo ! Não há arte sem “aquele sítio” “naquela parte” ! Vejo avião ? – Não. Vejo uma alma ? – Também não. Ora… se não vejo, não pinto ! Afinal de contas… É fácil marejar neste mar ! Pintar angústias dá depressão – Ah, não não e não ! Pintar outros mundos ? – Demasiado profundos. Sonhar outra realidade ? – Para quê, na minha idade ? De onde sou ? Em que sonho estou ? Para onde vou ? Se me minto, sinto. Só acordo nesse soro da verdade feito de tintas e paixões impossíveis. Então sou, no fundo… A autêntica realidade.

30 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Tumblr Social Icon
Francisc Capelo - Art Studio - Cascais