Escolho Fotos que me Inspirem

Fotógrafo - Pede AQUI para retirar a Foto do Artigo

Voltar ao BLOG
  • Francisco Capelo

A Revolução da Verdade

Atualizado: Abr 4




DIZER A VERDADE É REVOLUCIONÁRIO


Ferdinand Lassalle (in "A arte contra a estética" - A. Tàpies)



O fundamental na(s) nossa(s) vida(s) é sempre, Sempre simples. Aprendamos com Saint- Exupéry e o seu eterno Principezinho, que já dizia:


O essencial é invisível aos olhos; só se pode ver com o coração


Lembremos este mesmo essencial: as raízes do ser humano estão na Terra; não no betão, não no dinheiro, não no poder político, nem no petróleo e seus derivados - como o plástico. Porque objectivos não se confundem com meios, assim como humanismo profundo não se confunde com banalidade e igualmente inspiração nada tem que ver com a carreira escolhida ou a matéria facilmente observável.



E a mensagem vinda directamente da alma dos profetas – todos eles - da poesia à ciência, e ligados a todas as “Religiões”, é aplicável primeiro ao coração do ser humano e só depois desse coração se libertar das amarras do sempre conjuntural presente, ele actua na sociedade, no seu todo. Neste particular, não sei se sabem ou ainda se lembram que alguém como Jesus Cristo é considerado um homem santo por vários sistemas de pensamento filosófico- religioso – incluindo o… ISLÃO!! Uma diferença de conceitos que deveria ser estrutural entre Judaísmo e Cristianismo em relação ao problemático Islão que se quer sempre lembrar e se quer sempre diabolizar - mas que muitas vezes.. não está lá - Não existe! Monoteísmo - nas três opções!... Vamos lá estudar a matéria de novo!


Ou seja.. encaixar o profeta à força na gaveta mental do Cristianismo, mesmo que não caiba lá e tenhamos de empurrar um bocado para caber e depois pôr uma pedra sobre o assunto é claramente abusivo.. não é opção! Politólogos e Frangólogos e Ornitorrincólogos – ajustem aí a mira! Actualizem a cartilha! Falem de coisas que façam realmente sentido! Não pactuem com a opacidade e o ódio inter- religiões e o simplismo simplório! Risquem aí do mapa mediático o Terrorismo tal como o vemos nas apressadas TV´s e falem das ideias profundas e estruturais dos pensadores originais - acredito que Vocês vão conseguir! Falta muuuito mas está quase - mais um esforço!



Neste porMaior, já todos estamos certamente cansados de sacerdotes-que-se-esqueceram-da-mensagem-do-profeta-original-e-gostam-de-dar-espectáculo-fácil e de pseudo-intelectuais-que-têm-uma-biblioteca-estilo-Alexandria-mas-vivem-aprisionados-no-seu-casulo-sem-janelas, no seu castelo de ideias, sem nunca se darem ao trabalho de descer à Terra e aplicar esse conhecimento que pensam saber e essa sabedoria infinita que pensam sentir - na realidade prática das coisas e das causas dessas coisas.


Porque resolver reais problemas práticos não é com eles.. e depois falem mal dos artistas!! Esses sim uns incapazes infelizes que não servem mesmo para nada...


"- Pura perda de tempo! - Mais uma vida desperdiçada!!”, dirá Deus lá no alto da sua montanha, se ainda não se tiver suicidado! Parece-me bem que Nietzsche tem de actualizar o seu belo mas algo datado conceito de “Morte de Deus”… - fica a dica, para algum discípulo disponível que queira completar a obra do mestre que re- inventou o Super- homem..



Sou artista visual. E sou sociólogo. E ainda escritor, e professor de desenho e pintura. Mas sou mais alguma coisa e antes disso tudo: um ser humano. Que tenta todos os dias aprender muito e melhorar ainda mais - dentro de si e fora.


Dizem de nós, artistas, que somos sonhadores inveterados. Vivemos tudo no mundo do sonho; nada de realidade.


E dizem de nós, sociólogos, que também padecemos do mesmo mal. Igualzinho. Uns poetas românticos que querem apenas destruir o sistema social e económico onde coexistem e nasceram - essa que é uma nova versão de cuspir- no- prato- onde- se- comeu, e isso acontece só porque esse sistema existe e está ali em frente aos nossos olhos e não temos melhor ideia para ocupar o nosso preguiçoso tempo - como uma criança que abre um brinquedo e depois já não sabe como voltar a colocar tudo no lugar e no fim opta mesmo por partir aquilo tudo com enorme alegria. Problema acabado!


A Verdade está tão longe de tal ideia como a Lua está de Saturno...



Aliás, historicamente, este mix de artista- sociólogo tem sido considerado o mais perigoso espécime para os poderes instituídos. Provavelmente colocar-nos um rótulo na testa, catalogar o movimento artístico onde julgam que pertencemos e meter-nos na gaveta ou prateleira "certa" seria demasiado problemático para certos metódicos teóricos amantes da previsibilidade, de facto – uma vez que cabemos em várias dessas gavetas..! Nascem todos os dias tantos génios da banalidade como cogumelos, neste mundo..


Posso falar de Karl Marx como talvez o mais evidente exemplo, mas existem vários e relevantes outros – basta estar atento e decidir abdicar de uma perspectiva superficial das personalidades, das sociedades e das ideias. Incauto e bem intencionado leitor, em boa hora te digo: Livros de História escrevem-nos os vencedores dessa mesma História... só lá está informação e algum esparso pensamento! - queres sabedoria?? procura-a antes nas entrelinhas! Quem te avisa...



Mas o que faz de nós sociólogos- artistas mesmo muito perigosos é o seguinte: temos o terrível e extremamente desagradável hábito de, entre as muitas opções disponíveis, preferimos dizer… a Verdade! Opção sempre escondida na multidão das hipóteses possíveis e imaginárias - e no entanto sempre damos com ela! Uma intuição verdadeiramente perturbadora, realmente do domínio da Magia e de um certo Milagre..


O menu do restaurante das ideias dos outros é vasto e essa palavra vem em último na lista. Só nos pedem a cruzinha no quadradinho certo e mandam-nos à nossa vida, encantados da vida - mas a tentação de mesmo assim escrever a composição de duas páginas só para impressionar a Stôra é e sempre Sempre será mais forte!!


Aluno bom mas que afinal é Mau! Ahhh, maldita sorte... Ahh, estranha forma de vida, esta...


Entre a ditadura do politicamente correcto e do pensamento único de uns Media brandos e melodiosos - ou uma profunda análise da origem dos problemas visíveis, escolhemos sempre a segunda hipótese e somos mesmo uns chatos e estudamos livros atrás de livros, anos a fio - à procura de uma salvadora solução. Imagine-se! Mil vezes mais incómodos e sarnosos que os demasiado-sérios-mas-pacatos-e-bastante-civilizados-mesmo-assim- Antropólogos - podem crer!!


Uma vã procura que nunca acaba! Como se tal coisa pudesse existir!! - se os profs do costume nos locais do costume com os livros de ponto do costume debaixo do braço apenas querem saber se sabemos o que outros sabiam e queriam que soubéssemos! Apenasmente isto e nada mais que isto! Ohh, aluno complicativo... Isto sim, é elevada Educação e isto sim prepara para um papel que seja "útil" em sociedade!


- Enfim.. ele há alunos claramente incorrigíveis.. muito piores do que os piores dos outros alunos todos. Mil vezes preferem alunos que não sabem nada e nada querem pensar ou saber do que alunos que realmente querem pensar e aprender e por pensar pensam mesmo que podem vir a saber tudo. Uma verdadeira Chatice!! O pensamento não se pode aprisionar num só livro ou numa só sala - e isso é um enooooorme problema!


Lembram-se da famosa e totalmente desnecessária picada do escorpião no sapo no meio do riacho e que provocará a morte de ambos? - não era preciso mas está na nossa natureza!, o que posso dizer em minha/ nossa defesa, que não soe a falso? Somos assim, simplesmente!



"- Mea culpa - mea maxima culpa!!"



E, pessoalmente, tenho uma outra característica que me desqualifica, absolutamente, e que faz de mim o aluno mais reles e mais impossível: em vez de procurar decorar, memorizar o que dizem os mestres oficiais nos manuais oficiais nas academias de pensamento oficiais que toda a gente leu e que toda- a- gente- recomenda- porque- o- colega- de- toda- a- gente- leu e despejar aquilo tudo na bateria de testes e mais testes das “Escolas” e depois esquecer tudo e memorizar de novo, faço pelo contrário algumas perguntas que pareçam fazer um pouco de sentido..


Não é por mal! Mas porto-me como uma inconsequente criança!! Incrível esta minha irresponsabilidade, Não??? Apesar de não entender e até detestar o encanto de uma personagem completamente irritante como a Mafalda - faço exactamente o mesmo que ela! E nunca, nunca me lembro que os verdadeiros adultos têm mais que fazer do que começar a pensar!



O nosso colega humano - que era também violinista e cientista lá das Físicas e adjacentes disciplinas mais ao menos exactas Albert Einstein fazia também perguntas. Era um tipo mesmo muito estranho, com o qual seria difícil conviver durante mais de uma Vida, confessam algumas almas penadas que respiraram no mesmo espaço que ele e que sempre se esquecem do mais essencial. Já desapareceu - e ainda bem, para muitos que gostam de pensar que os outros não precisam nada de pensar. Ele criava, no Nada e do nada - Muitas novas perguntas, e todos os dias – coisa chata de morrer. E os seus professores achavam que ele era impertinente e que questionava a sua autoridade pedagógica apenas porque… fazia essas perguntas! Ahh.. Pedagogia e escola alemã... curiosa mistura de conceitos - e tudo na mesma frase..! Mas adiante.


Eram perguntas simples – nada de complicado, para que o professor entendesse o conceito e pudesse chegar lá. Mas esse professor Nunca entendia o conceito! Nunca “chegava lá”! Apesar das imeeensas pistas que Albert colocava no seu caminho! Enfim. Por vezes um aluno quer ser um bom aluno, mas tem azar! Ele era distraído sim, e os professores também não faziam esforço por aí além para ouvir o que o tipo realmente dizia e perguntava - uma chatice.


E curiosamente ninguém entre os seus “professores” se lembrou depois do canudo passado, assinado, lambido, carimbado e atirado à porta como uma anónima garrafa de leite ou jornal de Domingo - de lhe dar uma carta de recomendação para nada de nada que fosse relevante – uma posição no ensino que ele desejava ardentemente e merecia olimpicamente – e que nunca apareceu!!


Ele há coisas do DIABO... Durante anos a fio esteve confinado a um registo de patentes na Suíça árido como a superfície de Marte e tão intelectualmente estimulante como um pacote de batatas fritas. O homem que nos mostrou os segredos do Universo foi descoberto para a Grande Ciência APESAR dos seus professores e APESAR dos seus colegas e APESAR da mentalidade da época e APESAR do júri Nobel - não Graças a eles!! Custa a acreditar, Não?


Esquecimentos que acontecem! Como dizia um apresentador muito simpático, aqui há uns anitos não muito idos, no final de cada programa - e à laia de óbvia e agradável conclusão:


“- E ASSIM ACONTECE!”.


Porque não há mal nenhum! É assim que vai acontecendo, a Vida! E nós vamos andando nela, em plena bolina, no mar ou no rio, à boleia dela! Ninguém liga, ninguém leva a mal e é tudo normal - é a nossa Sina! - Tudo vai mesmo muito bem e é assim mesmo que deve ser.



Não me venham pois agora com estórias da carochinha, uma vida romantizada para boi dormir, episódios poéticos para crianças adormecerem, um Grande Génio incompreendido... deixem-se dessas absolutas TRETAS, sejam adultos a sério e Analisem os factos de uma vez por todas. Vejam o que aconteceu com a vida real da grande maioria dos artistas plásticos e músicos e poetas e escritores e cientistas em qualquer momento histórico - Qualquer um, à vossa escolha.


Desde Galileu a Modigliani, passando por François Villon e Charlie Parker. Querem aprender alguma coisa de jeito com o passado? Então - Sejam sérios. Abandonem a cobardia e reserva mental à porta e só depois entrem em casa. E não deixem ficar ninguém de fora nem nenhum pormenor de fora. Vai doer bastante - mas será finalmente libertador e revelador.


Dou-vos uma borla: se quiserem podem começar no pós- Impressionismo. Toca a estudar com olhos de ver. Comecem nas cartas de Van Gogh ao irmão Theo e "acabem" em Georges Seurat. Isso basta para terem uma noção leve das "coisas". E desta vez tentem estar finalmente atentos ao que Realmente aconteceu - e é Tudo!


Artista = Mito = IDIOTICE PURA.


Cientista = Mito = PERDA de TEMPO.


Eu que me considero um artista mas também “cientista social” (detesto este termo pomposo.. inventem aí uma cena nova) tenho aqui uma lista de 5 perguntas muuuuito simples que gostaria de fazer aos políticos e decisores e empresários deste planeta intitulado Terra e arredores:



5 simplis PRIGUNTAS:



. ( Pregunta númaro uno ) :


Porque é que, apesar do gigantesco problema de tratamento de esgotos que temos, a sanita de compostagem inventada pelo essencial pintor e arquitecto Hundertwasser Nunca foi aplicada em larga escala – à mesma escala do gigantesco problema que temos em mãos e à mesma escala das nossas gigantescas cidades?


. Não é um sistema perfeito? – Melhore-se.

. Não está adaptado à estrutura das casas de banho actuais? – Façam essas adaptações rapidamente.

. Os materiais são caros? – Optem por outros.


É que dá-me ideia de que… ninguém conhece tal coisa! Ninguém viu, ninguém estudou! Estilo invenções de Da Vinci - é só para meter nos Livros de ARTE e apreciar a estética pura - mais nada! - O quê? Aquilo tinha aplicação prática?? É apenas um artista! Naaah..



"- Artistas – fiquem-se pelas telas e tintas, Pleaaaase!! Da sociedade e da construção e das cenas da vida corriqueira tratamos nós!! Apenas sonhem e encantem!"



– É mais ao menos isto… Responda quem quiser – ou souber: fica a pergunta, em jeito de anotação num Post-it, para mais tarde recordar aos netos de que alguém se lembrou mesmo deste assunto há uns 76 anos e 45 dias. Metam aí no frigorífico que fica muito bem e é bem capaz de durar muito mais do que um livro.



. ( Pirgunta numbro doi-ze ) :


Porque Diabo o Ministro do Ambiente (por exemplo – ou alguém por ele) Nunca se lembra de iniciar um debate público sobre o tema INADIÁVEL da utilização corrente de água do mar no nosso dia- a- dia, recorrendo a técnicas de dessalinização recentes e inovadoras ?


– técnicas essas que JÁ existem,

. que JÁ foram escritas e escalpelizadas em revistas científicas,

. que JÁ foram divulgadas nos Media,

. que JÁ são usadas por vários países,

. e que JÁ são, ao que consta, economicamente viáveis?


Estamos todos à espera que Portugal se torne Marrocos, é isso?? Podem pensar que isto é irrealizável; pois bem, segundo julgo saber em Espanha já se faz e em Israel também - pelo menos - e seria bom que Portugal deixasse de dormir na forma e de ser o aluno cábula que sempre foi e que sempre falta às aulas onde se dá matéria a sério. Ou se calhar a melhor estratégia é esperar mais uma vez que os países "Ricos" façam os nossos TPC´s e nos enviem nova carrada de euros..! Isso resolve tudo - boa ideia!


Estas informações (a opinião é minha) obtive-as de uma entrevista a um empresário, disseram-me ter sido José Roquete, salvo erro no Expresso aqui há uns anos. O meu pai referiu-a, e ficou espantado porque eu já lhe tinha falado no assunto há bastante tempo - e nessa altura ele julgou ser só um sonho meu, pois nunca pensou que tal fosse possível, que tal coisa fosse efectivamente praticável com a tecnologia actual.



Portanto, Senhor Doutor Ministro (o que estiver lá no momento; eles mudam bastante de cadeiras), abra a janela e olhe através dela – O que vê? - Verá um OCEANO à sua frente. Chamam-lhe Atlântico - puxe aí de um mapa para ver onde fica. Como dizia lá o poeta: as lágrimas de qualquer pessoa são compostas sempre, sempre de água e sal. E eu tenho uma Novidade para si, Sr Dr: esse Oceano que está à frente dos seus lindos olhos... Também!! Água + sal. Não é sal + azar, como referia o poeta fingidor que teve de fingir a sua dor toda a sua vida sem que ninguém lhe ligasse PUTO - é mesmo água + sal - Sabia?


Como dizia um tipo divertido nesse filme tão singularmente poético chamado "O Padrinho":


“- CAPICE??”


- eu sou um desenhador com algum talento, posso fazer-lhe um desenho, se necessário - é um esquema bastante intuitivo, mesmo para políticos com pouca tradição de entenderem minimamente História de Artes Visuais - na teoria como na prática..


Fica a dúvida - alguém que acorde outro alguém para este problema que é de todos esses alguéns – ou seja, muito Nosso.


Falta aqui claramente um outdoor finório para recordar o Óbvio – Malta do Marketing, ponham-se em campo!! Eu pago a rodada!! Vamos a isso!



. ( Pargunta nimburu trêis ) :


Porque misteriosa razão-sem-razão se continua a investir Milhões e milhões em instalações nucleares que se baseiam na fusão nuclear? Mas por alma de quem??? Meus amigos – Acordem! Temos a fissão – FISSÃO nuclear já ali na loja ao lado! A apanhar bonés em termos de inve$timentos!! Querem repetir Chernobyl ou Fukushima aqui na velhinha Europa, é esse o plano Genial??


Tá tudo parvo e a olhar embevecido para a nova moda do Bitcoin-i-tal?? Para ganhar uns trocos? Ninguém se a- lembra que essa coisa das energias limpas afinal existe?? Quer dizer: para o nuclear “tradicional” há sempre mundos e fundos, não é?


Poluição imensa, problemas de segurança inacreditáveis, pegada ecológica que nem se fala, discretas exportações de resíduos para África que ninguém confirma nem desmente e que parecem apenas existir nos anos 70 em séries estilo La Piovra, ou lá o que é… ora bem - para isso há sempre dinheiro! Efeitos secundários destes venenos na natureza - fujam dessas explicações, Fujam! Mandem o assessor para a conferência de imprensa!


Mas para o Futuro da energia/ energias do futuro – ou seja, Hidrogénio e Eólica e Ondas e Fissão Nuclear, coisas realmente limpas… Népias!



E digo mais: anda tudo agora embeiçado pelo Musk e pelos carros Tesla… não é??


Hmm - mas sejam curiosos e perguntem aí aos especialistas “a sério” de onde vem realmente a fonte da energia eléctrica… se calhar vão ficar surpreendidos! De certeza que querem saber a resposta a essa piquena e singela e tãaao incómoda pergunta?? Se calhar preferem não perguntar! É melhor! Andam tipos a trabalhar no Hidrogénio mas isso não interessa Naaada! Tipos tão chatos como os artistas! Os carros do Musk é que estão a dar! Tesla Rocks - Yeaaah!



. ( Pirigunta nombri quatri ) :


Quem deixou “cair” Nikola Tesla no esquecimento total e absoluto? O inventor original! Não estou a falar da MARCA Tesla do nosso amigo Elon que vende carros e tal… estou a falar do outro!! O que deu origem ao nome!



"- Afinal havia outra..

e eu, sem nada saber, sorria...

e por ele andava louca...

para ser sua mulher, um dia..." - cantores Pimba - acertaram em cheio!



E há mais: sabiam que o Tesla original destruiu – estão a ler bem - DESTRUIU várias das suas invenções – porque sabia muito bem que iam ser usadas como armas de destruição maciça??? Imaginem um Rubens ou um Goya ou um Monet a acabar de pintar uma obra- prima e de seguida a metê-la numa fogueira - aqui o conceito é o mesmo. Criativo sim, e muito – mas idiota chapado e inconsciente e sobretudo desumano Nunca na vida ele foi - e ainda bem! Se eu escrevo e respiro neste lugar neste momento - é provável que lhe deva essa vida a ele - Nikola Tesla. E podem crer que não estou a exagerar - de TODO.


E ainda há mais: quem “visitou” os seus famosos baús, cheios que nem um ovo - de papéis com projectos visionários, baseados em conceitos inovadores, que reuniam a obra de uma vida - a vida de Tesla, e dos quais parece pouco restar? Há quem diga que foram uns oito ou nove, imagine-se.. Mais ao menos um Fernando Pessoa da Ciência em formato XXXXL. Foram realmente retirados? Com que objectivo? Se sim - por quem e para serem usadas em que tipo de actividades? Apenas delírios da malta das ideias tresloucadas que andam aí a quererem provar que a Terra é plana?



Bom. Vamos lá rebobinar esta parte. Parece-me bem que há por aí uns tipos de fatiota gira bem escura e gravata bem clara que fazem uns Serviços bastante Discretos – esses tipos mais tarde ou mais cedo - têm de PRESTAR CONTAS ao PPL! Comecem por explicar isso e outras coisitas que se vão sabendo agora graças aos documentos desclassificados a esta nova geração nos States - os Millenials e a Geração Z e Y e K e mais qualquer coisa e também a Geração à Rasca e tal - que vai herdar esta trapalhada a nível ecológico e cujos filhos pura e simplesmente não conseguirão Viver neste planeta daqui a umas duas ou três décadas - porque pura e simplesmente os recursos naturais já foram todos sugados e vendidos com Lucro e poluídos.


Mesmo o oxigénio para respirar terá provavelmente os dias contados - se não encontrarmos faaaast uma solução definitiva e ampla para as várias fugas Gigantescas de dióxido de carbono para a Atmosfera que dispararam bem lá atrás - desde a Revolução Industrial. A mim não me explicam coisa nenhuma, nada de novo, pois tenho acompanhado variadíssimas situações preocupantes que passam "sob o radar" dos media, digamos assim para ser suave e simpático.. Nem a mim nem aos chefes índios que avisaram o "Homem branco da língua bifurcada" de que a Mãe Terra não pertencia a ninguém e que tinham de ser os homens a adaptar-se a ela - e não o contrário!


Ou então tudo isto são somente mais umas teorias da conspiração! Mitos urbanos, nos quais nem o gato da vizinha acredita. Ah, pois é…



DIGAM a VERDADE toda - para variar. Sejam Homenzinhos. Os vossos filhos e netos estão ali mesmo à espreita na porta do quarto a aguardar uma resposta. Enfie o barrete a quem lhe sirva esse barrete.



Edison foi endeusado porque esse papel é sempre requisitado pela personalidade menos complicada – mas o tipo que inventou o (nosso) futuro estava ali mesmo ao seu lado! Mesma oficina. Um Mundo todo de diferença em várias coisas essenciais, talvez, mas… Na mesma foto! A dois centímetros de distância do nariz do Grande Inventor - era mesmo só voltar a objectiva um grau à esquerda e perguntar! O jornalista não reparou! Distraído.. outro Einstein? Recortem essa foto de família e desta vez emoldurem o gajo certo - TESLA.


Morreu na miséria, isolado, esquecido, desprezado por aqueles que ajudou e muito a singrar – apenas porque tinha princípios fundamentais de que Nunca abdicou. Querem integridade? Não precisam de ir mais longe - Ei-la. Não a vão talvez encontrar na fábrica Tesla - encontram-na Aqui - no homem e no inventor Nikola Tesla.


E um desses princípios era muito simples, e que qualquer criança entende (adultos é mais difícil entenderem porque complicam tudo):



- Defendia Nikola Tesla que:


A ciência está ao serviço do progresso do homem. E que o homem não pode usar a ciência para os seus objectivos de poder.


As palavras podem não ser estas - a IDEIA.. É !!



Imaginem! - a pura inocência, a inaudita ingenuidade!! Pois bem - vão bater a algumas portas por aí e perguntem aos donos dessas casas tão bonitas e dessas empresas tãaao amigas do ambiente e em bairros tão recomendáveis - se comungam da mesma opinião do nosso amigo Tesla- o original !


Se calhar levam com um muito british: "- NO COMMENT!!" e uma porta fechada na cara e um cão a morder os calcanhares até ao portão..



. ( Peragunta nimbra cinqui ) :


Finalmente, para terminar esta pequena reflexão pessoal mas perfeitamente transmissível - algo do “meu” mundo: a Arte.


Pois bem - perguntemos então ao tempo e ao vento porque é que os Escritores são convidados para as Feiras do Livro, um pouco por todo o mundo, e a sua presença é desejada e acarinhada, assinam os livros, falam com os seus leitores, é agradável para todos, vendem-se mais livros que são o seu ganha- pão, eles também se sentem bem pois é o seu mundo - o mundo das ideias e do debate das mesmas…


– E nas Artes Plásticas alguns (quantos, afinal??) galeristas “aconselham” os artistas para fazerem TUDO menos meter os seus sensíveis e talentosos pés nas Feiras de Arte - Basel ou ArCO ou o raio que o valha? Leiloeiros - idem aspas, começando nos de topo.


Retiram ao artista a sua faceta de pedagogia e a sua faceta de comunicação e a sua humanidade. É "só" isto. Ou eu li mal o que a Sarah Thornton disse no seu livro… ou algo não bate certo aqui!!!


Tudo ao contrário!! Mal ou bem, o escritor tem voz e tem rosto e tem presença e tem mensagem! E nós, artistas visuais, o que temos? Migalhas? Como perguntavam a Groucho Marx: “- Você É um homem ou um RATO??”. E ele disse logo: - "Meta aí no chão um pedaço de queijo e já vai ver quem eu sou!!"..


Vamos ficar por isto mesmo?? – a bem de um negócio que vive do nosso trabalho e que nos dispensa no segundo seguinte, deixando o cliente a falar para a parede e nem nos informando de quem ele é??


- Contacto directo ZERO.

- Mensagem artística ZERO.

- Dignidade criativa ZERO também.


Para muitos parece aceitável, desde que se veja a cor do dinheiro.. - para mim Nunca na Vida tal coisa será aceitável. Somos homens e mulheres livres e criativos e respeitados ou somos ratos??


- Decidam-se - o queijo aí está no chão à espera da nossa resposta...



Eu Sei a resposta a esta paragunta rilativamente difícel, ohh se sei… dou apenas duas pistas breves, para aguçar o apetite:


1. Já aconteceu algo similar com Paul Gauguin e quem o "aconselhava"…


2. E também com a estratégia na sombra da Moda- Impressionismo


- Mas vou deixar que descubram sozinhos! Será divertido, uma espécie de caça-ao-tesouro!! Convidem as crianças para a palhaçada, será uma tarde mesmo mesmo bem passada.



. Interessem-se por temas novos, para variar!


. Perguntem perguntas novas aos mesmos opinadores de sempre!


. Pensem ideias novas pela vossa própria cabeça!


E por amor de Deus - Deixem de rotular os Picassos deste mundo como Génios inacessíveis e incompreensíveis!


(a nossa humanidade colectiva autêntica agradece)



Beijinhos e abraços – inclusive para o canídeo de estimação.


( Over and out )




"- Ó MULHER, JÁ FIZESTE A JANTA?? O Glorioso é daqui a pouco!!


- TÁ a FAZER!! Vai comendo pipocas, para adoçar a Larica!!"


( Sorry! Deixei o Telemóvel ligado... )


:-)



Posts recentes

Ver tudo
Voltar ao BLOG
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon