Escolho Fotos que me Inspirem

Fotógrafo - Pede AQUI para retirar a Foto do Artigo

Voltar ao BLOG
  • Francisco Capelo

Nova Teoria do Tempo

Atualizado: Abr 6


(um olhar sensível e profundo - obrigado por teres existido)



PASSADO - PRESENTE - PERFEITO



Podem talvez alguns pensar que Einstein era um Cientista. Não era. Nada nada disso. Era um sonhador e um violinista, antes disso. Um Humano - sabem? Ainda se lembram? Como dizia Charles Bronson a Henry Fonda antes de o matar - nesse monumento de Mestre Sergio Leone "Era uma vez no Oeste":



"- Uma raça em vias de extinção...!"



A empregada da família chamava-o simplesmente de “O estúpido” – qualquer coisa neste estilo. Era mais fácil de catalogar mentalmente assim, encaixava nessa categoria - devia pensar tal curioso ser. Até uma idade-demasiado-avançada-para-os-adultos-sempre-apressados-com-o-futuro-das-criancinhas tinha uma terrível e embaraçadora dificuldade em falar. E também nasceu com uma enorme cabeça – e as pessoas – aquelas pessoas realmente distraídas, costumam pensar que por este detalhe aquilo que está lá dentro não fará grande sentido – vá-se lá saber a lógica desta enorme Batata! - Ah, mas nas "Escolas" que temos - estes que "pensam" assim, esses sim seriam absolutos e retumbantes génios!



- Clap your hands!! Deixem passar o grande Génio! Estúpido da turma - afasta-te!!



O senso comum é realmente divertido, devia pensar aqui o nosso amigo Einstein. E a tropa fandanga que o acompanhou ao longo da vida também não era muito melhor que apenasmente “isto” – então os "profs" alemães… bom, é riscar um a um da lista e rasgar o maldito papel e meter na caixa de lixo mais próxima. Ou então queimar para purificar a maldita coisa, que as palavras dos nomes deles ainda magoam. Para esquecer que algumas vez existiram!! Incrível como um aluno deste nível passa completamente sob o radar da “pedagogia oficial”!! Isto nos mostra como esse tal "Ensino" realmente está! E esse ensino é o nosso, também! É tudo ao molho, e os alunos medianos levam a palma de ouro para casa:



“- Bravo, monsieur! Será um Grande homem no futuro!”



Bom. Chega de parvoíces de "pessoas" que nunca se alembram de descer à terra e de ser finalmente Humanos. Devem interessar-nos sim, as ideias dele. Directamente. Sem filtros. Porque se o filtro é um discípulo daqueles stores – podem meter no lixo esses livros também, sem grande margem de errar!


Deixem-me agora falar-vos do pensamento dos grandes talentos e de como esse pensamento e essa sensibilidade nos será útil para resolver problemas que agora nos parecem uma montanha tão impossível de escalar. Quero misturar aqui um bocado isto tudo, confesso.. – desde arte até ciência considerada totalmente exacta (Newton – parece que já foste!) até a uma solução que seja Realmente isso – SOLUÇÃO, e que possamos aplicar directamente, por exemplo ao Terrorismo internacional. É lá mais prá frente, sirvam-se de uma bebidinha bem fresquinha e fiquem por aí, encantados da vida.


É que… se estão a pensar aprender na Escola de forma literal e absolutamente fixa e racional- e- tal a Teoria da Relatividade… isto é o que Einstein NÃO queria nem NUNCA quis que acontecesse. Nem por um segundo. Eu passo a explicar.



. Picasso costumava dizer que:

“Se tu sabes como fazer alguma coisa… porque raio tu a vais fazer, ainda? Já não tem qualquer interesse! - Faz então alguma Outra coisa qualquer! Que te ensine algo de novo, onde aprendas algo de novo e te surpreendas a ti mesmo”.


. E Tàpies referia igualmente que:

“Como é que eu posso pedir um prato de lentilhas no restaurante se estou num país bastante remoto e ali nem sabem que essa coisa existe? Como se pode pedir algo que.. ainda não existe??" - a ideia é esta mas a adaptação é minha, desculpa aí Mestre.. depois pago-te um almoço nas Ramblas, ok? Pede aí ao Dalai Lima que faça a cena da reencarnação que a gente trata disso! Podemos ir à Fundação Miró se quiseres. Tutti Kool & da Gang!



Ou seja, se tu entrasses numa escola em pleno final do século XIX e pedisses: “Quero aprender a Teoria da Relatividade” – muito provavelmente pegavam na tua mão calmamente e acompanhavam-te ao Hospício mais próximo!


E segundo Joseph Beuys - um artista que considerava os “animais mais inteligentes do que o homem por usarem a intuição”, para ele o Pensamento… é já acção! É escultura- realidade! É a sua famosa “plástica social”. Actua na sociedade de forma direta. Se pode ser pensado – acrescento eu de minha lavra – já aconteceu no “passado”! Nem tem sequer de passar pelo estúdio-gigante-dos-Warhols deste mundo! Aprendam de uma vez o que diabo é essa coisa tão estranha chamada Arte Conceptual… vá lá….. um último esforço, que o Teste é no final desta semana e este prof não dá abébias..



Sentem-se numa cadeira qualquer agora. E deixem passar 3 segundos. Levantem-se. O que aprendemos com isso?



- 3 coisas Essenciais:


. O 1º segundo foi no passado do 2º segundo mas sentido naquele momento como presente

. O 2º segundo foi sentido no momento do 1º segundo como sendo algo do futuro mas nesse preciso momento era presente

. E o 3º segundo, parecendo nos 1º e 2º segundos ser futuro parecia igualmente presente – mas de novo passou por nós e esvaiu-se e escapou-nos por entre os dedos e como que ganhou vida própria, entrando de novo no passado



O que quer isto dizer?


- Que vivemos uma Vida emprestada por esse tão belo e misterioso conceito chamado Tempo! Estamos aqui só de passagem! Bilhete de IDA - Apenas! Querem que os vossos filhos e netinhos ainda possam respirar e habitar nesta tãaaaao maldita coisa?? Então puxem pela cabecinha pensadeiraaaa!


E se o Universo quiser manda um meteoro qualquer num momento à sua escolha e Tutti finito! Falar de passado e presente e futuro enquanto dimensões incompatíveis ou mesmo diferentes... pura perda de tempo no próprio Tempo! Existe uma Fusão - de tudo isso, caramba...


Sabendo isto de antemão, qual a conclusão? Simples, mais uma vez: a ideia principal é a pessoa estar mentalmente preparada para a sua morte. Como uma coisa natural. - Que é, efectivamente!



Imaginem isto:


. Antes de nascermos não temos memória do que havia antes. Enooorme calma, certo?

. E depois de morrermos – porque Diabo não pode existir essa mesma calma? Fusão completa com o magma simbólico de que falava Jung – provavelmente é o que acontecerá


E a partir daqui, como aplicar isto à sociedade? O que vai acontecer?


Bom, duas coisas imediatas:


. Pura e simplesmente deixamos de ter sequer necessidade das estruturas intermédias de poder – de qualquer Religião! Não apenas aquela que está mais próxima do mundo Ocidental, digamos assim – de qualquer uma, sem excepção. Eliminando o medo da morte - as "Religiões"..


- PUFF!! "Gone with the wind!"


. E depois vamos ligar-nos à realidade de uma forma directa, pura e sem construções mentais e barreiras físicas para nos defendermos dos nossos próprios fantasmas - que nos impedem de comunicar com pessoas, crianças, ideias e sobretudo – Natureza



“- Mas para que é que isto serve? És algum filósofo nas horas vagas, por acaso?”



Tenham paciência, alunos eternamente inquietos e sem tempo- dentro… Vamos aplicar isto ao Terrorismo, ok?


O que está a falhar na estratégia do combate ao terrorismo com origem no radicalismo ligado a algumas percepções do Islão?



O mundo ocidental está completamente adormecido – adormecido em relação a:


. À sua própria vocação religiosa – dizer por exemplo que se é católico… o que isso significa? Por exemplo - Jesus Cristo era venerado como homem santo TAMBÉM pelo Islão! Quando descobrirem as ossadas vai metade do fémur para uma mesquita em Constantinopla e a outra metade para o Vaticano????? Comecem a fazer sentido, para variar.. Ser católico significa o quê, exactamente?


Não me digam : “- Eu sou católico e basta!” - Digam-me antes como sentem as manifestações do divino na realidade, onde a encontram – e dir-vos-ei a que movimento espiritual profundo pertencem!


– Só aí e só nesse momento saberão! Mas a religião é agora um fenómeno de moda social, por acaso? Temos aqui toneladas de coisas a aprender com a sensibilidade do Islão!! Inacreditável, realmente..


. ... e o mundo ocidental também está adormecido em relação à vocação religiosa bastante mais autêntica dos países árabes e à sua cultura profunda e ao respeito pelos mais idosos e às obras fundamentais de arquitectura, de compreensão do divino, dos padrões geométricos abstratos, de poetas absolutamente maravilhosos.. a lista continua e continua..



Como se combate um sistema de pensamento? Indo ao passado buscar profetas Ainda mais antigos; e que tenham ideias Ainda mais profundas; e que estabeleçam esse diálogo – deixem falar os profetas, raios – os originais! Não metam os dos filmes tipo Ben- Hur ao barulho nem os filhos e netos de dedo rápido no gatilho e que jogam- demais- na- Playstation- e- afins!!


O terrorista deseja ardentemente comunicar. E as bombas que sentimos parecem existir na realidade – mas são símbolos, da sua luta interior e de um sentimento generalizado de revolta – revolta essa que o “Ocidente” tem alimentado de forma infantil.



"- E vocês sabem muito bem do que eu estou a falar!"

- Octávio Machado dixit (e dixit ele muito bem)



Porque querer impor e meter à força sistemas económicos e políticos e sociais muuuito democráticos em sociedades totalmente diferentes a nível puramente sociológico só dá desgraça! Primavera Árabe?? Inserida pelos fãs do Facebook e outras aves raras mas totalmente tolas e superficiais? Os "jornalistas"- das- redes- sociais e os influencers deste mundo? Ali?? Estão a brincar às sociedades perfeitas e esqueceram-se de chamar o Marx e o Edgar Morin e o Boaventura e o Freud e mais uns quantos que afinal até sabiam pensar umas coisitas de jeito e podiam dar um jeito naquilo, quando já tudo estava destruído??


Acordem prá Vida - Vamos ter de apresentar um trabalho de grupo de jeito para o prof nos passar – chumbo na certa, rapaziada!!


Pá… vocês vão ler uns livros de poetas iranianos realmente inspiradores ou fazer uns desenhos com umas caligrafias lá daquelas bandas. Pode ser que aprendam alguma coisa que seja útil. Comecem em Mark Tobey, passem por pintores chineses de qualquer dinastia e acabem em Franz Kline, ok?



O nosso amigo bem ocidental e justiceiro- com- algum- conteúdo do “V de Vingança” dizia na sobrecapa algo como isto:



“Debaixo desta capa o senhor pensa que há apenas carne, não é? Mas NÃO. Debaixo desta capa Existe antes uma IDEIA. – E as ideias, meu amigo… são à prova de bala…”



O que é que aqui nesta simplis frase os meus amigos- e- alunos- cábulas não perceberam??? Não se matam ideias matando pessoas! Qualquer criança percebe isto!


. Resolvem-se problemas do presente com o passado.

. Aprende-se o passado honrando-o no presente.

. E constrói-se o futuro através de Pontes que sejam autênticas – com outros povos e outras culturas e outras sensibilidades. Ou queremos aprender ou não. Ou somos o aluno que é humilde ou temos o aluno que goza com o prof em plena aula. Decidam-se!! Falem 1º a Linguagem da sensibilidade e só DEPOIS entra o cifrão. Por esta ordem!


Querem mesmo queimar etapas? Precisam mesmo de um terrorismo descontrolado?



É que…


. O Irão já está preparadinho e já avisou o que tinha a avisar e este recente assassinato do cientista a mando- dos- serviços- de- qualquer- coisa- bastante- misteriosa ainda meteu mais gasolina na fogueira.. o Putin é que na foi de certeza!!

. E a Coreia do Norte já cortou a comunicação totalmente..

. E a China está armada até aos dentes e não se percebe bem o que virá dali..

. E a Rússia continua a ser provocada – e por Biden – imagine-se!! Alguém que tanto criticava Trump! Ele sozinho em poucas semanas está a deixar descontrolar a situação internacional com declarações que soam melodiosas aos tãaao sensíveis ouvidos ocidentais - mas que são absolutos ERROS CRASSOS diplomáticos – uns atrás dos outros. Kamala... assume aí o poder, mulher. Biden chegou a essa cadeira Demasiado TARDE na sua vida. Tu sabes isso e todos nessa coisa chamada Planeta Terra sabem isso.


- Ou estarás à espera que daqui a 4 anos o Trump destrua o que resta destruir???





AMIGOS!


- Einstein, Picasso, Tàpies, Villon, Rimbaud, Beuys, Munch, Kandinsky, Pasteur, Darwin, Byron, Kafka, Welles, Gandhi, Jim Morrison, Coltrane, Bird, Whitman, Baudelaire, Platão, Palme, Klee, Blake, Turner, páaa… deixem estes tipos a bater com a cabeça nas paredes. Vamos ali àquela montanha que eu quero ouvir a sabedoria da Águia e falar com o Sitting Bull, ok?


- Quero ir jogar antes à bola! Quem vem comigo?

- Eu! – Eu! – Eu!


- Caramba, Málevich… ok ok, vamos lá jogar à bola. Serás sempre o mesmo revolucionário de aviário, nada a fazer…



Naaah – o tipo é bom rapaz! Quadrado negro sobre branco e Suprematismo Rockaaa!! Yá!! Tudo pró recreio, malta!!




Posts recentes

Ver tudo
Voltar ao BLOG
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon